Xanxerê - Cidade de Santa Catarina

Xanxerê - Cidade de Santa Catarina

Xanxerê é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º52'37" Sul e a uma longitude 52º24'15" Oeste, estando a uma altitude de 800 metros. Sua população estimada em 2013 era de 39.600 habitantes.

Possui uma área de 381,41 km2.

Xanxerê - Cidade de Santa Catarina
#Xanxerê - Cidade de Santa Catarina

Xavantina - Cidade de Santa Catarina

Xavantina - Cidade de Santa Catarina

Xavantina é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 27º04'07" Sul e a uma longitude 52º20'31" Oeste, estando a uma altitude de 545 metros. Sua população estimada em 2017 era de 4.550 habitantes.

Possui uma área de 212,41 km2.

Xavantina - Cidade de Santa Catarina#Xavantina - Cidade de Santa Catarina

Altamira - Cidade do Estado do Pará

Altamira - Cidade do Estado do Pará

#Altamira - Cidade do Estado do Pará
Altamira - Cidade do Pará

Altamira
Situado em plena selva amazônica, a 740km de Belém e 458km de Marabá, a 110m de altitude, o município de Altamira tem seu vasto território, de 153.862km2, cortado de norte a sul pelo rio Xingu, que domina sua zona fisiográfica.

Com uma área quase idêntica à do estado do Acre ou aproximadamente metade da ocupada pela Itália, o município paraense de Altamira é o segundo do Brasil em extensão territorial (o maior é Itaituba, também no Pará).

A cidade teve origem nas missões dos jesuítas, na primeira metade do século XVIII. Altamira integrava o gigantesco município de Souzel, do qual foi desmembrado em 27 de setembro de 1917, passando a chamar-se Xingu, com sede na cidade de Altamira. Em 31 de março de 1938 mudou-se o topônimo do município para Altamira.

A exploração de ouro, nas proximidades da cidade, teve acentuado desenvolvimento, mas entrou em decadência no começo do século XX. A agricultura (arroz, cacau, feijão, milho, pimenta-do-reino) e a extração de borracha e castanha-do-pará são as principais atividades econômicas do município.

www.megatimes.com.br

Governos Constitucionais de Portugal

Governos Constitucionais de Portugal

X Governo Constitucional de PortugalX Governo Constitucional de Portugal
Predefinição: Governos Contitucionais de Portugal O X Governo Constitucional tomou posse a 6 de Novembro de 1985, sendo constituído pelo Partido Social-Democrata, com base nos resultados das eleições de 6 de Outubro de 1985. Terminou o seu mandato a 17 de Agosto de 1987.

Primeiro-Ministro
Aníbal Cavaco Silva

Ministro de Estado e Ministro da Administração Interna
Eurico de Melo

Ministro Adjunto e para os Assuntos Parlamentares

Fernando Nogueira
XI Governo Constitucional de Portugal
O XI Governo Constitucional tomou posse a 17 de Agosto de 1987, sendo constituído pelo Partido Social-Democrata, com base nos resultados das eleições de 18 de Julho de 1987. Terminou o seu mandato a 31 de Outubro de 1991.
O XII Governo Constitucional tomou posse a 31 de Outubro de 1991, sendo constituído pelo Partido Social-Democrata, com base nos resultados das eleições de 6 de Outubro de 1991. Terminou o seu mandato a 28 de Outubro de 1995.

XI Governo Constitucional de Portugal
 XIII Governo Constitucional
O XIII Governo Constitucional tomou posse a 28 de Outubro de 1995, sendo constituído pelo Partido Socialista com base nos resultados das eleições de 1 de Outubro de 1995. Terminou o seu mandato em 25 de Outubro de 1999.

Primeiro-Ministro
António Guterres

Ministro Adjunto do Primeiro Ministro
José Sócrates

Ministro dos Assuntos Parlamentares
António Costa
XIV Governo Constitucional
XIV Governo Constitucional
O XIV Governo Constitucional tomou posse a 25 de Outubro de 1999, sendo constituído pelo Partido Socialista com base nos resultados das eleições de 10 de Outubro de 1999. Terminou o seu mandato a 6 de Abril de 2002.
XV Governo Constitucional
XV Governo Constitucional
O XV Governo Constitucional foi o governo de portugalde 2002 a 2004. Dirigido pelo Primeiro-Ministro José Manuel Durão Barroso (PSD) numa coligação com o PP (dirigida por Paulo Portas, que se ocupou o cargo de Ministro da Defesa.
XVI Governo Constitucional
XVI Governo Constitucional
O XVI Governo Constitucional (2004-2005) de Portugal foi presidido por Santana Lopes. Este foi nomeado pelo presidente da República, Jorge Sampaio, quando José Manuel Durão Barroso foi indigitado para Presidente da Comissão Europeia. O governo foi, tal como precedente uma coligação entre o PSD e o CDS.

Em Dezembro de 2004, o presidente dissolveu o parlamento e convocou eleições antecipadas. A partir dai o governo assumiu o estatuto de governo de gestão.

www.megatimes.com.br

Posts Relacionados

CityGlobe